Street photography, olhar atento e uma máquina fotográfica a mão, porque nunca se sabe o que pode passar pela frente.

domingo, 18 de setembro de 2011

Dono da Praça


Hoje, madrugada, enquanto alguns ainda poderiam estar voltando para casa, sai sob chuva para expurgar qualquer melancolia de um chuvoso domingo que se anunciava. Quase ninguém nesta cidade fantasma para dividir impressão ou entendimento, no entanto, registro a compensação de sentir-me dono do espaço.

Nenhum comentário: