Street photography, olhar atento e uma máquina fotográfica a mão, porque nunca se sabe o que pode passar pela frente.

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Nem Tudo

Poucas vezes misturei nestas paginas algo que me relacione  a trabalho. Incorporo os heterônimos ao que mais se relacione, já que  Morsa não é sempre Camafunga, e nenhum destes sintam os fatos como Marcelo, o mais simples e menos aparecido.

Guardo em escritos, anos de atuação como médico, misturando fato e ficção e mantenho a vontade de seguir nestes registros, tanto pela memória, como na rica experiência de lidar da forma como as pessas  se apresentam.

Em breve, no entanto, passarei a publicar algumas destas histórias.

Aguardo.

Nenhum comentário: