Street photography, olhar atento e uma máquina fotográfica a mão, porque nunca se sabe o que pode passar pela frente.

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Caminhada

silueta

O olhar desvia para evitar  esquinas,
a luz, é pouca, mas desenha as sombras que me  fazem  companhia.

O sol, itinerante, muda a duração dos dias,
as pernas, cambaleantes, confundem
a direção,
o espaço,
o tempo... e a poesia.

O que fizeram  com os passos de minhas ruas?
Antes claras, agora  escuras
antes belas,
hoje nuas.

Do olhar
procuro o céu de onde  a luz é breve,
censuro o risco, aviso: “não há passo leve”.

Troco as pernas para não enfrentar segredos,
perco as sombras dos meus arremedos
e fico só

eu
e os medos.

Um comentário:

panda disse...

Olá!
Está a aproximar-se a Copa do Mundo e com um amigo fiz uma canção e um video com a ideia de ser um hino conjunto para as duas selecções - Portugal e Brasil.
Veja e se gostar por favor ajudem-nos a divulgar a música.

Muito Obrigado
Um abraço,
Ricardo Pinto
(Portugal)

http://www.youtube.com/watch?v=ICzmEytLBMA