Street photography, olhar atento e uma máquina fotográfica a mão, porque nunca se sabe o que pode passar pela frente.

terça-feira, 26 de maio de 2009

Cinismo

Um óculos só não basta. Caminho para ver se consigo dirigir as idéias, mas, são elas que me levam.
Até a pouco evitava esta rua, ela parecia mais triste. Percebo que a roupa que uso não é tão nova, deve ser porque tenha voltado, também, ao corpo antigo.
Tenho visto pouco o que interessa pois troquei a emoção pelo palpável, por isso me importo mais com o que ganho do que com o que foi perdido. Caminho, hoje, para ver se me encontro, antes para ver se esquecia, mas os pensamentos, tão independentes, seguem justo em direção contrária. Aqui, ao invés de carros e burburinho constante, me vejo do outro lado da calçada, não quero, mas sinto a alegria perdida de um tempo onde me incluia.
Nas idas e vindas, a esperança de algo que durasse, a vontade de ouvir o que me enjoa, a verdade das conquistas quando ainda havia o que ser desafiado.
Disse, desde o primeiro dia, sou feliz e realizado, sinto, que venha insitindo para manter-me convencido que não possa ser justo o contrário.
Um óculos só não basta, nem a visão de otimismo e de extrema esperança. Um óculos só não basta para evitar tanta saudade.

Nenhum comentário: