Street photography, olhar atento e uma máquina fotográfica a mão, porque nunca se sabe o que pode passar pela frente.

sexta-feira, 23 de maio de 2008

Armários

Muda a estação e é hora de arrumar os armários. Aprendi, desde cedo, que aqui elas são mais definidas, mas não era bem assim, o calor pode ficar mais prolongado, e o inverno vem sem meio termo. Olho as roupas, que apesar de não terem tido tempo de tomar cheiros mofados estão distantes do clima ao qual havia me adaptado. Há um choque, maior que frente que vem da Patagônia, e por certo, me atingirá como despreparado. Olho as roupas, são mais do que cores que não combinam, ficarei sobrando em tanto pano, e apesar de necessárias, me cobrirão com saudades que não quero e nem mais me pertencem. Onde eu estava quando escolhi esta jaqueta? Largos os ombros para ter usado por tanto como os casacos, me sufocam, como as blusas trespassadas por cores mortas, se me enforco em manta longa perco os braços em mangas sobradas . Acho que morei no limite, saí de um pólo na busca do oposto. Nem os sapatos levam mais para o mesmo caminho, se continuar assim andarei descalço. Arrumar? Nada. Os climas estão definidos e é melhor mesmo trocar de trapos.

Nenhum comentário: